Kirk Hammett tocando ao vivo

Durante uma conversa com a equipe da Cosmo Music, Kirk Hammett falou sobre seu equipamento atual.

“Estou usando um amplificador Randall Fortin, construído por Mike Fortin. Eu o misturo com um Mesa Boogie Dual Rectifier – meu som é basicamente esse. Também modelei esse timbre em um Fractal para garantir a consistência ao vivo. Com o Fractal, não importa onde eu esteja, o som é sempre mesmo. Essa é a beleza dele”.

Publicidade
Cordas Inbox | Esquenta Black Friday | Super Island |

O guitarrista do Metallica afirma que costuma usar vários amps diferentes no estúdio. “Tenho um Marshall que amo até a morte. Provavelmente é do final dos anos 1970 ou início dos anos 1980… Ele foi modificado e tem um excelente som. Também adoro os amps Vox e Fender, tenho vários antigos”.

Leia: Kirk Hammett comenta ausência de solos em St. Anger

Dumble

Kirk prossegue: “Eu tinha um Dumble, mas ele não soava como deveria. Fiquei angustiado com isso… Eu pensava: ‘Talvez seja porque eu não entendo o Dumble ou talvez seja esse o som de que as pessoas gostam’.

O guitarrista mais tarde descobriu que o amplificador em questão sofreu um acidente na década de 1970 enquanto era transportado de caminhão. “Tenho a sensação de que o equipamento foi danificado, mesmo que ligeiramente. Ele realmente não soava muito bem. Acabei vendendo esse amp por uma quantia louca de dinheiro”.

Quer acompanhar as novidades sobre o Metallica? Então visite o site oficial da banda.