Foto: divulgação

Steve Morse é um dos grandes veteranos da guitarra. O músico começou ainda na década de 1970, tocando com o Dixie Dregs. Já nos anos 1980, integrou o Kansas e começou seu projeto solo. Desde 1994, ele faz parte do Deep Purple, sempre desfilando seu virtuosismo pelo mundo afora.

Atualmente com 65 anos, o habilidoso guitarrista entende que a idade comprometeu um pouco de sua performance. Ciente disso, ele precisou fazer alguns ajustes para poder se apresentar da melhor forma possível.

“Tenho menos problemas com minha mão esquerda. Por isso, vem daí a minha dificuldade com as cordas. Na guitarra, tenho usado cordas mais finas, geralmente 0.09 com afinação padrão”, disse, inicialmente, em entrevista à Guitar Interactive, recordando-se também das lesões que já sofreu ao longo dos anos.

O músico destacou que demora um pouco para se acostumar com cordas mais finas. “Eu costumava palhetar muito forte. Agora, estou tentando suavizar um pouco. Chego a usar palhetas de nylon. Depende do amplificador que uso – se tem mais presença, uso palhetas de nylon”, afirmou.

Morse destacou que é imprescindível se adaptar ao equipamento que se tem na ocasião. “É assim que você lida ao tocar em equipamentos emprestados ou alugados. Você precisa se adaptar. A primeira coisa que faço é plugar e checar a tonalidade que fica desde o volume 0 até o 10, de cada knob, notando a frequência do tom em cada momento”, disse.

Ainda durante o bate-papo, o guitarrista mencionou que, antes, tinha mais controle na mão direita devido ao estilo de sua palhetada, em que conseguia silenciar cordas. “Agora, também uso minha mão esquerda para silenciar as cordas próximas, o que mudou minha forma de tocar. Uso bastante o controle de tonalidade. É apenas um capacitor de 0,5 que suaviza a saída mais alta”, afirmou.

Steve Morse também comentou que, apesar de usar cordas 0.09, opta por marcas que seguram bem a afinação, como Ernie Ball. “Já toquei com cordas que demoram semanas para terminar de se estabilizar”, comentou.

* Você está em busca de evolução na guitarra? O Music Clan oferece uma série de cursos para guitarristas que vão desde os estágios mais básicos aos avançados. Acesse o site e conheça!