John Petrucci revela como a musculação interferiu em sua vida como músico

Com o passar dos anos, o guitarrista John Petrucci, do Dream Theater, ganhou uma forma física típica de quem se dedica bastante à musculação. Como os exercícios físicos afetaram sua vida enquanto músico? Ele revelou em recente entrevista.
Foto: reprodução / Instagram

Com o passar dos anos, o guitarrista John Petrucci, do Dream Theater, passou a chamar atenção não só pela técnica em seu instrumento, como, também, pela forma física, típica de um fisiculturista que se dedica bastante à musculação.

Será que a “maromba” de John Petrucci atrapalhou, de alguma forma, o desempenho dele na música ou na guitarra? Em entrevista o Justin Beckner, do site Ultimate Guitar, Petrucci abriu o jogo e falou sobre o assunto.

Inicialmente, o guitarrista comentou que o fisiculturismo trouxe a ele um “estilo de vida positivo”. “O único ponto negativo é que se você não tiver cuidado, você pode se machucar, mas isso é óbvio. Você precisa ter cuidado com as mãos e os punhos quando está levantando grandes barras de metal”, afirmou.

O integrante do Dream Theater deixou claro que um músico que gosta de fisiculturismo não pode correr os mesmos riscos que um atleta. “É por isso que sou ridiculamente cuidadoso quando estou treinando com peso. Há certas coisas que você pode fazer para se manter mais protegido contra lesões. Às vezes, você aprende isso da maneira mais difícil, mas os ‘prós’ superam os ‘contras’ nesse sentido”, declarou.

John Petrucci e os benefícios dos exercícios

Na visão de John Petrucci, todo tipo de hábito que favorece a saúde física e mental é importante para qualquer pessoa, mas especialmente para músicos, que precisam viajar muito e têm de cuidar de seus corpos. “Já vi o que acontece quando pessoas não cuidam de si mesmas. Elas se machucam, não podem tocar, não podem fazer turnê. É importante se cuidar”, comentou.

Parte da cautela adotada por Petrucci envolve a dedicação à academia, com exercícios controlados, evitando a prática de artes marciais ou esportes mais “imprevisíveis”. “Opto pelo mais seguro. Se faço um exercício com movimentos controlados e posso monitorar tudo, sem surpresas, essa é minha zona de conforto. Levantar pesos se encaixa nessa categoria”, apontou.

Por fim, o guitarrista exaltou os benefícios à saúde mental que os exercícios físicos podem trazer. “Mentalmente, é bom para reduzir ansiedade e te manter no nível desejado. Exercícios são uma ótima forma para lidar com estresse, ansiedade e todos esses sentimentos. Sei que sempre me sinto melhor depois de malhar”, concluiu.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!