Produtor de Ozzy relembra detalhes de como Randy Rhoads gravou seus solos

Max Norman refletiu sobre as particularidades do icônico guitarrista no estúdio e disse que normalmente tudo era feito em dois ou três takes
randy rhoads
Foto: divulgação

O produtor Max Norman trabalhou com Ozzy Osbourne e foi responsável pela produção do disco “Blizzard Of Ozz”, que conta com Randy Rhoads na guitarra.

Em entrevista para a Guitar World com trechos reunidos pela Ultimate Guitar, Norman refletiu sobre as particularidades de Randy Rhoads na hora de gravar os solos do disco.

“Quando estávamos na sala de gravação e o Randy estava ensaiando algum solo, todo mundo saía para beber cerveja. Depois, voltávamos e dava para ver que ele se sentia preparado para gravar. Seu rosto transmitia uma excitação”, disse.

Ainda de acordo com Norman, Randy Rhoads costumava acertar a gravação dos solos logo nas primeiras tentativas.

“Se ele não estivesse se sentindo preparado, simplesmente pediria mais uma hora para estudar. Quase sempre rolava com uns três takes. Ele era muito preparado e disciplinado. Ele tinha uma visão clara do que queria em cada solo”, explicou.

Os solos de Randy Rhoads

Entre os solos marcantes de Randy com Ozzy Osbourne estão os das músicas “Crazy Train” e “Mr. Crowley”. Norman explica que o guitarrista sempre foi muito “atento aos detalhes”.

“Ele combinava técnica com musicalidade. Agora, 40 anos depois, ainda soa único. Às vezes, ele dizia que não chegou no harmônico que queria em certa nota. Eu ficava tipo: ‘Sério que vamos desprezar esse take maravilhoso por causa de uma nota?’”, concluiu.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Os conteúdos mais relevantes para os apaixonados por guitarra em um único lugar. Aproveite, é grátis mas por tempo limitado.