Por que Yngwie Malmsteen custava a tocar ‘Bohemian Rhapsody’ no Generation Axe

Steve Vai, Yngwie Malmsteen, Nuno Bettencourt, Tosin Abasi e Zakk Wylde fizeram uma versão de guitarras para 'Bohemian Rhapsody', do Queen. Entretanto, Malmsteen tinha sérias dificuldades com a música.
Foto: divulgação

O projeto Generation Axe surpreendeu ao reunir Steve Vai, Yngwie Malmsteen, Nuno Bettencourt, Tosin Abasi e Zakk Wylde em uma turnê de guitarristas. Os músicos apresentavam suas próprias músicas e ao fim, costumavam se reunir para tocar uma versão de ‘Bohemian Rhapsody’, do Queen, apenas nas seis cordas.

Os vídeos dessa incrível versão viralizaram nas redes sociais durante a turnê. Em 2020, mesmo sem shows, eles repetiram a dose em uma filmagem “estilo quarentena” e fizeram o tal cover com o guitarrista responsável por muito daquilo ali: Brian May.

O que nem todos sabem é que um dos guitarristas mais veteranos do Generation Axe sofreu para tocar suas partes de ‘Bohemian Rhapsody’ nos shows e nessa filmagem. Estamos falando de Yngwie Malmsteen, o intempestivo músico sueco notável pela influência neoclássica em seu estilo.

A revelação foi feita por Tosin Abasi, colega de Malmsteen no projeto, em entrevista ao canal ‘Tone Talk’ no YouTube. As declarações foram transcritas pelo Ultimate Guitar.

Inicialmente, Abasi relembrou da participação de Brian May para o vídeo “de quarentena” com a versão de ‘Bohemian Rhapsody’ com o Generation Axe. “Brian se juntou a nós para uma espécie de performance de Zoom. Ele filmou e nós juntamos. Ele tocou de verdade e os solos um pouquinho diferentes, ficou muito bom”, afirmou.

O arranjo tocado pelo projeto, para cinco guitarras, foi feito na íntegra por Steve Vai. “Na primeira turnê, não a tocávamos porque era muito difícil de tocar perfeitamente com relação às outras que tocávamos juntos. Com o passar do tempo, começamos a tentar, nas passagens de som”, disse Tosin.

Em seguida, a revelação sobre Yngwie Malmsteen: “Yngwie quase não conseguiu tocar no começo. Nós conseguimos, mas ele dizia: ‘não confio em mim mesmo para tocar a mesma coisa duas vezes’. Ele falava que não conseguia tocar a parte da orquestra. Ainda assim, acabou dando certo”.

O visual típico de Yngwie Malmsteen

Ainda durante a entrevista, Tosin Abasi foi perguntado se Yngwie Malmsteen deixa de usar suas clássicas calças de couro em algum momento. “Sabe, ele usa jeans às vezes”, respondeu o músico, aos risos.

Em seguida, ele completou: “Vou te contar uma coisa e eu não sei se Yngwie vai ficar com raiva, mas nós estávamos em um ônibus de turnê juntos e Yngwie não tem pijamas. Você nunca vai pegar Yngwie com calças de moletom, por exemplo. Eu nunca vi. Ele sempre estava com o visual pronto, tipo ‘modo Yngwie’. O cara é comprometido, está sempre ligado e sempre com roupas maneiras”.

Tosin ainda revelou que Steve Vai é o “pacifista” entre os cinco músicos do Generation Axe. “Ele era o apaziguador. Ele meio que flutuava acima de tudo e absorvia as personalidades. É um cara super zen, que fazia todo mundo ser ouvido e validado, além de garantir que o show não fosse arruinado porque algum de nós ficou irritado com algo e não tivesse algo que queria. E surpreendentemente, não houve drama real entre esses caras”, disse.

A entrevista pode ser conferida na íntegra, em inglês e sem legendas, no vídeo a seguir.

Curtiu? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe o seu comentário

Publicidade

Top 5 da semana

Grátis!

Leia agora, a nova edição da revista Guitarload!

Informação, entrevistas, lançamentos e muito mais!